Tá perdido?

Carregando...

Sobre nós

Curta!

Seguidores

Twitter

Siga por e-mail

Siga!

Eu leio Brasil

Pai bárbaro

Loja do leitor

Meise está lendo

Isadora está lendo

Blog Archive

Favoritos de Meise

Favoritos de Isadora

Tecnologia do Blogger.

Link us

Viciadas em Livros

Arquivo do blog

5 de maio de 2013

Resenha: A Última Nota

Título: A Última Nota
Autores: Felipe Colbert e Lu Piras
Ano: 2012
Número de páginas: 260
Editora: Novo Século
Sinopse do Skoob

Minha opinião: Comprei esse livro por indicação do querido Cláudio Quirino, no último post que ele fez para o blog, onde deu dicas de livros nacionais, lembram-se? Se não recordam, cliquem aqui e confiram!
   Os motivos que me fizeram comprá-lo também são meio óbvios para quem me conhece, hahaha. A personagem do livro, Alícia, toca um instrumento que eu amo e que também toco, o Violino. Adorei a capa e resolvi dar uma chance ao livro, e adivinhem? Felipe e Lu não me decepcionaram! hahaha.
   Alícia é uma mulher de 21 anos que faz faculdade de música e toca violino; é grega, porém mora no Brasil com seus pais desde criança, mas isso não significa que tenha sido criada sem a cultura grega, muito pelo contrário: seus pais tem um restaurante grego e sua mãe tenta fazer com que a menina siga a cultura grega, não concordando, por exemplo, que ela faça faculdade de música.
   Theo é seu namorado egocêntrico e grego, o qual seus pais amam e desejam o casamento de ambos.
   Alícia é a spalla da orquestra e, no dia de uma apresentação, quando foi tocar sua música individual, mudou a partitura e tocou Gratia, composição de seu avô que também era violinista. Ao errar a última nota, a garota não sabe o que acabara de provocar.
   Próximo do local da apresentação, um rapaz de olhos azuis, nu, é encontrado e a única coisa que fala é o nome de Alícia. Dias depois, ele é chamado por Sebastian pela avó de Alícia e é adotado pela mesma.
   O que Alícia não sabe é o mistério que ronda Sebastian do início ao fim do livro, e durante a leitura você até tenta adivinhar quem ele é e tudo o mais, mas acreditem, vocês não vão chegar nem perto! O final é surpreendente!
   Achei linda a cumplicidade entre Alícia e sua avó, o amor entre ambas, o carinho, a admiração, os conselhos que a avó dá para a menina...
   É um livro onde música e magia misturam-se. Juro pra vocês, não é tão previsível assim hein! Você fica doida para ler e descobrir o que vai acontecer entre Alícia e Sebastian, o por que dele existir e acaba lendo tudo de uma vez! hahaha.
   Um romance nada meloso - ainda bem! - e sim, inusitado, surpreendente e envolvente.
   Adorei a forma como a história foi contada e me emocionei algumas vezes. Sim, tem uma parte do livro que conta sobre uma lenda que o avô de Alícia contava para ela, sobre um violinista. E eu, como violinista, nunca tinha ouvido falar e acabei adorando e me emocionando. Não vou escrevê-la aqui, leiam o livro! haha.










Classificação:  

Beijos,
Renata.

4 comentários:

  1. Ele parece ser aqueles romances fofos mas ao mesmo tempo real. Desde que eu leio resenhas do livro fico curiosa para saber o mistério que cerca SEbastian.

    dayana.

    leitorasdobrasil.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. só de olhar pro livro eu já vi que ele seria interessante e pela sua resenha vi que realmente parece ser bem interessante. Eu tb não curto muito esses romances muito melosos, acho que na maioria das vezes fica muito massante. Que bom que vc gostou do livro, espero poder comprar logo também. To te seguindo por aqui

    beijos
    Kel
    porumaboaleitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. É muito bom quando a gente pega um livro acerta totalmente né? A capa é realmente maravilhosa, amo coisas relacionadas a Grécia. Amei a resenha e a frase do final, gosto muito de ler livros que tenham esse mistériozinho, a Garota da Capa Vermelha é bem desse tipo e eu super gostei do livro justamente por esse suspense, fiquei interessada nesse ai.
    Bjos
    Ana Clara
    www.bibliotecavirtu.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Parabéns pelo blog. Amei o post. Me apaixonei pelo livro. Não só pelo mistério que o envolve mas também por ter música..Eu AMO música, mão toco violino mas mesmo assim amei. Espero poder lê-lo.

    ResponderExcluir

A leitura é uma porta aberta para um mundo de descobertas sem fim. - Sandro Costa

Obrigada pela visita. Sinta-se a vontade para dar sugestões, fazer críticas ou elogios!