Sobre nós

Curta!

Seguidores

Twitter

Siga por e-mail

Siga!

Eu leio Brasil

Pai bárbaro

Loja do leitor

Meise está lendo

Isadora está lendo

Favoritos de Meise

Favoritos de Isadora

Tecnologia do Blogger.

Link us

Viciadas em Livros

Arquivo do blog

12 de outubro de 2013

Resenha: Jardim de Inverno - Kristin Hannah


“Não, não é meu: é de outro esse machucado. Eu nunca o teria suportado. Então pegue o que aconteceu, esconda e mantenha enterrado. Afaste a luz...” (Anna Akhmatova)


Título do livro: Jardim de Inverno
Autora: Kristin Hannah
Editora: Novo Conceito


   Meredith e Nina Whiston são tão diferentes quanto duas irmãs podem ser. Uma ficou em casa para cuidar dos filhos e da família. A outra seguiu seus sonhos e viajou o mundo para tornar-se uma fotojornalista famosa. No entanto, com a doença de seu amado pai, as irmãs encontram-se novamente, agora ao lado de sua fria mãe, Anya, que, mesmo nesta situação, não consegue oferecer qualquer conforto às filhas. A verdade é que Anya tem um motivo muito forte para ser assim distante: uma comovente história de amor que se estende por mais de 65 anos entre a gelada Leningrado da Segunda Guerra e o não menos frio Alasca. Para cumprir uma promessa ao pai em seu leito de morte, as irmãs Whiston deverão se esforçar e fazer com que a mãe lhes conte esta extraordinária história. Meredith e Nina vão, finalmente, conhecer o passado secreto de sua mãe e descobrir uma verdade tão terrível que abalará o alicerce de sua família… E mudará tudo o que elas pensam que são.
   Exatamente isso: a descoberta mudaria tudo o que elas pensavam que eram. Comovente. Estonteante. Emocionante. Não me recordo de ter lido outro livro que tenha tocado tão fundo minha alma; gosto de livros assim: que emocionam, contam histórias de pessoas, de seres humanos. É incrível a capacidade de sobrevivência que o ser humano tem.
   Demorei um tempo para resenhar o livro porque não sabia como fazê-la. Afinal, como transcrever um livro que contribuiu tanto para a sua mudança de pensamento e de vida? Ora, Jardim de Inverno fez isso comigo: mudou minha maneira de pensar, de acordo com o sofrimento da personagem principal, Anya (ou seja lá como for seu verdadeiro nome. Não é spoiler, eu juro!)
   Devo admitir que o começo desse livro me deixou desesperada e indignada com Anya. Que tipo de mãe não ama as filhas? Ou não gosta de ter a companhia delas? Ou só as critica? Pois são essas coisas que ela faz, desde que as meninas são pequenas. No decorrer do livro descobrimos que Anya tem um motivo – talvez o mais triste e traumático motivo – para tratar as meninas daquele jeito. A guerra. Leningrado. Stalin. Um amor.
    “Sua mãe era uma leoa. Uma guerreira. Uma mulher que havia escolhido uma vida infernal para si mesma porque queria desistir e não sabia como.”
   De uma maneira surpreendente as irmãs conseguem fazem o que o pai as pediu no leito de morte: “Faça-a contar a história da camponesa e do príncipe”. E a mãe conta, e as meninas a conhecem; conhecem aquela que sofreu por anos, que foi rude demais com elas, que apanhou da vida... aquela que sofreu e que não esqueceu, mas continuou vivendo, apesar de tudo.
  Tudo tinha um por que. Por que a mãe sempre fizera comida para um batalhão de gente? Por que começou a fazer loucuras, como cozinhar o papel de parede e guardar comida nos bolsos? Por que ficava tão maluca e depressiva no inverno ou por que preferia passar horas e horas no seu Jardim de Inverno, no frio, com pouca roupa?
   Um lição de vida, um aprendizado. O livro é lindo, sem mais. Não percam a oportunidade de lê-lo.
   “E talvez assim as coisas devessem ser, a forma como a vida se desdobra quando você viveu o suficiente. Alegria e tristeza eram parte do pacote; o truque, talvez, fosse permitir-se sentir tudo, mas agarrar-se à alegria um pouquinho mais, porque nunca se sabe quando um coração forte pode desistir.”




13 comentários:

  1. Parece ser super legal, pena que não tenho paciência para ler historias 'sem muita ação' digamos assim..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sem muita ação? O livro contém ação até demais! hahaha. Não sei qual o sentido de "ação" que você quis dizer, mas, o livro conta muuuuuuuuita coisa de "ação".. enfim rsrs.

      Excluir
    2. Não sei, ele me pareceu um pouco parado, mais vou ler então :)

      Excluir
  2. Paraaaa, agora eu fiquei muiiiiiito curiosa com a história, com aquele gostinho de quero mais. É como se você tivesse me contado o segredo de alguém e não dito o nome, má. KKKK' Eu quero o livro e adorei a resenha *-*
    Beijos,K.
    Girl Spoiled

    ResponderExcluir
  3. Esse livro é simplesmente MARAVILHOSO. Espero que muitas pessoas possam ler e conhecer essa estória incrível.
    Beijos, Thaynara
    livroscombolinhos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Este livro é muito bom, assim como os demais que li da autora, que sabe falar de dramas de família muito bem. Espero em breve ler outros livros dela.
    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  5. Essa é a primeira resenha que leio de "Jardim de Inverno" e fiquei super encantada! A trama me pareceu ser bem emocionante e tocante, confesso que me animei ainda mais depois de ver essa foto da lombada do livro, bem gordinho heim hehe Ah, devo fizer que gosto bastante também do título do livro, não sei, mas é algo que soa bem para mim haha Resenha super emocionante (: Bjs
    Jéssica - http://lereincrivel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Já li outras resenhas deste livro e confesso que também me emocionei. Infelizmente, não tive a oportunidade de lê-lo, mais o farei o mais rápido possível. Também gosto de livros que me fazem pensar. A estória não é original, é verdadeiramente humana em vários aspectos e talvez por isso tenha chamado minha atenção.

    ResponderExcluir
  7. Eu amei esse livro. Não conseguia parar de le-lo. Essa autora é excelente. Li recentemente" Quando você voltar". Vale a pena. Quando acabei de ler fiquei querendo mais.

    ResponderExcluir
  8. Olá Meise!
    Parece ser um livro muito bom!
    Espero ter a oportunidade de lê-lo algum dia :)
    Ótima resenha!
    Beijos,
    Ana M.
    http://addictiononbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. vou comprar esse livro . quero muito...http://livroscomcafeechocolate.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

A leitura é uma porta aberta para um mundo de descobertas sem fim. - Sandro Costa

Obrigada pela visita. Sinta-se a vontade para dar sugestões, fazer críticas ou elogios!