Sobre nós

Curta!

Seguidores

Twitter

Siga por e-mail

Siga!

Eu leio Brasil

Pai bárbaro

Loja do leitor

Meise está lendo

Isadora está lendo

Favoritos de Meise

Favoritos de Isadora

Tecnologia do Blogger.

Link us

Viciadas em Livros

Arquivo do blog

19 de novembro de 2013

Resenha: A Última Frase dos Contos de Fadas - Massimo Gramellini

Olá pessoal. Tudo bem?

Antes de falar sobre o livro, farei uma breve apresentação para que vocês me conheçam um pouquinho. :)

Meu nome é Rakel, tenho 15 anos e moro em Santa Catarina. O que eu mais gosto de fazer no meu tempo livre é ler (livros e fanfics) e assistir filmes e seriados. Um completo vício. Rsrs.
Eu gostaria de agradecer imensamente a Rê e a Isadora pela oportunidade de poder colaborar com o conteúdo do blog. :D

Ok. Sem mais delongas, vamos ao que interessa.


TÍTULO: A Última Frase dos Contos de Fadas
AUTOR: Massimo Gramellini
PÁGINAS: 237
ANO DE LANÇAMENTO: 2010
EDITORA: Fontanar - Editora Objetiva
Sinopse: A Última Frase dos Contos de Fadas é uma fábula moderna que conta a história de Tomás - um professor que há muito deixou de achar graça na própria vida. Acredita pouco em si próprio, vai levando mal os seus dias e está convencido de que não possui os meios para escapar da apatia em que se encontra. Uma noite, porém, se percebe projetado num lugar desconhecido, o que lhe reacende a curiosidade existente em todo ser humano. Começa assim uma viagem simbólica que, através de uma série de encontros e de provas perigosas, o conduzirá à descoberta do próprio talento e à realização da experiência amorosa.

Resenha:
O livro conta a história de Tomás, um homem que, depois de uma desilusão amorosa, parou de acreditar no amor verdadeiro. Criou, de certa forma, uma "alergia ao amor". Sempre que sentia que o relacionamento começava a criar raízes, Tomás começava a manifestar sintomas alérgicos e acabava terminando a relação.
Mas certo dia, ele é levado à um lugar um tanto que incomum, chamado Spa da Alma. Onde precisa aprender a se conhecer e se respeitar. O lugar em que ele começa a "se enxergar internamente". Foi levado para lá, para conhecer sua alma e superar seu trauma do amor.
O livro tem uma grande abordagem espiritual, fala sobre questões cotidianas e traz para nós ensinamentos, os quais fazem a gente parar para refletir sobre algumas atitudes.
O romance, que seria o ponto central do livro, é manifestado por acreditar na força do amor, conhecer a serenidade que existe em seu espírito para que tenha a capacidade de acreditar em si mesmo e consiga viver em paz o seu "felizes para sempre".

Sabe aquele livro que você compra achando que é uma coisa, mas na verdade, quando começa a ler percebe que é totalmente outra? Bom, pelo menos foi assim que me senti quando terminei de lê-lo.
Não estou dizendo que é ruim, mas simplesmente não era o que eu esperava. Talvez, para mim ele tenha parecido um pouco diferente, porque não tenho o costume de ler livros que abordam esse tipo de assunto, da mesma forma como foi abordado com Massimo Gramellini. 
É um livro que eu recomendaria, mas você não deve esperar fortes emoções vindas da história. Pois acredito que o seu principal objetivo, além do romance, é passar um ensinamento sobre a beleza interior que existe em nós.

Espero que tenham gostado!
Beijos,
Rakel.

Um comentário:

  1. Oiee =)
    Não conhecia o livro, primeira resenha que leio. Gostei da tua opinião, apesar de não ser o gênero que costumo ler, e é tão chato quando pegamos um livro pensando que é uma coisa e na verdade é outra, quando nos surpreende de forma positiva ainda vai.
    Beliscões carinhosos da Máh ♥
    Cantinho da Máh
    @Maaria_Silvana

    ResponderExcluir

A leitura é uma porta aberta para um mundo de descobertas sem fim. - Sandro Costa

Obrigada pela visita. Sinta-se a vontade para dar sugestões, fazer críticas ou elogios!