Sobre nós

Seguidores

Curta!

Instagram

Twitter

Siga por e-mail

Eu leio Brasil

Meise está lendo

Isadora está lendo

Tecnologia do Blogger.

Link us

Viciadas em Livros

Arquivo do blog

10 de maio de 2015

Resenha: Não se apega, não - Isabela Freitas

Olá gente! Eu tinha esquecido como é bom estar por aqui Ha-ha-ha


Não se apega, não
Escritora: Isabela Freitas
Editora: Instríseca 
Sinopse: Desapegar: remover da sua vida tudo que torne o seu coração mais pesado. Loucos são os que mantêm relacionamentos ruins por medo da solidão. Qual é o problema de ficar sozinha? Que me desculpe o criador da frase “você deve encontrar a metade da sua laranja”. Calma lá, amigo. Eu nem gosto de laranja. O amor vem pros distraídos.Tudo começa com um ponto final: a decisão de terminar um namoro de dois anos com Gustavo, o namorado dos sonhos de toda garota. As amigas acharam que Isabela tinha enlouquecido, porque, afinal de contas, eles formavam um casal PER-FEI-TO! Mas por trás das aparências existia uma menina infeliz, disposta a assumir as consequências pela decisão de ficar sozinha. Estava na hora de resgatar o amor próprio, a autoconfiança e entrar em contato com seus próprios desejos.Parece fácil, mas atrapalhada do jeito que é, Isabela precisa primeiro lidar com o assédio de um primo gostosão, das tentações da balada e, principalmente, entender que o príncipe encantado é artigo em falta no mercado.

O que você achou Carol?
Hoje eu vim falar sobre um livro que 75% dos leitores dessa resenha, já devem ter lido. Mas mesmo assim decidir falar um pouco sobre a obra da Isabela Freitas.

Eu estou em uma fase da vida complicada, digamos assim, foda! E sempre tem aquele amor que você sempre teve, uma paixão que mexeu com você, aquele gatinho que olha diferente e você se apaixona. Sim, sempre tem!

Nesse livro, nós conhecemos a história de Isabela, uma garota que, aos 22 anos, termina um namoro de 2 anos (tanto tempo, hein..) com o Gustavo que todas as suas amigas achavam ser “o príncipe”, mas que passava longe de ser um bom namorado. Isabela começou a questionar os motivos de ter insistido tanto e de como um casal que – para os outros eram maravilhosos – pode ser por dentro algo tão infeliz. Ela fala de como nós que ficamos todas encantadas quando vemos um casal, aparentemente "fofo", devemos estar enganada. E é a verdade, ninguém sabe dos problemas que eles tem.

Eu resolvi ler esse livro por impulso, eu achava que era um livro de autoajuda. Eu tinha até um certo preconceito. Eu tinha ele aqui fazem 07 meses, não sei porque não li e não sei porque li. Mas o livro venho em boa, ou melhor, ótima fase. O livro caiu muito bem no momento que estou vivendo.

"Não se apega, não" apesar de ser um livro que fala da vida da Isabela, para mim não é considerado autobiográfico. Ele conta histórias (ou conto, como vocês melhor preferirem chamá-los) sobre relatos que aconteceu com ela e ela aprendeu que as coisas não tem que ter aquele apego enorme.


Ela não fala simplesmente, unicamente do namorado que te abandonou e você não pra de chorar. Ela fala do desapego a roupas que não te servem mais, dos livros que você não gostou (até mesmo seus favoritos), ela fala do desapego aos sentimentos ruins, ela fala do desapego aos medos.

E para falar verdade, nós temos que desapegar mesmo. As coisas ruins só acontecem porque temos que crescer. Não temos que ficar guardando aquele sentimento, corroendo por dentro. Nós temos que deixar no passado, é vida que segue minha gente.

Um passarinho me contou, que vai ter "Não se iluda, não". Será? Eu ainda não vi nenhuma matéria sobre o assunto. Mas, eu tenho certeza que se tiver, eu vou no lançamento!

Classificação: Quero mais!!!! :'(
                       

Espero que vocês tenham gostado do post de hoje. Feliz dia das mães para  todas, saibam que vocês são guerreiras e amadas por seus filhos. Até mais, beijosssss!!

5 comentários:

  1. Oi Carolina,
    Quero muito ler essw livro! A Isabela e tão diva *-*
    Adorei a resenha.
    Indiquei você para responder uma tag :) Corre la pra ver

    Beijos ❤
    Livros Para o Chá das Cinco

    ResponderExcluir
  2. Como eu nunca li esse livro?? Como eu ainda não tenho ele??? :o
    Sou o tipo de pessoa que se apega muito fácil, e isso é horrivel :( E esse livro parece bem o do tipo que vai me dar um UP pra vida. Desapegar é uma palavra que me assusta bastante! Haha
    Beijooos!!

    blog-chuva-de-chocolate.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Oi!!
    Sou looouca para ler esse livro, já vi muitas resenhas dele e muitas amigas minhas lendo.
    Mas eu sou muito teimosa, não quero ler emprestado e só vou lê-lo quando eu comprar.
    Mas e o dinheiro, cadê? kkkk
    Adorei a resenha, me fez ficar com o dobro da vontade de ler!

    Beijos

    http://meleveaumalivraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oie,
    confesso que estou enrolando para ler este, mas você me deu um animo. Não parece ser tão ruim como pensei rsrsrsrs

    bjos
    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  5. Olá Carol!
    Eu já estava louca para ler este livro, aliás, eu ficava chateada por gostar de um menino que nem dava atenção para mim, mas eu não tinha deixado de gostar dele, mas depois de conhecer o livro mudei rapidamente de opinião.
    Já ouvi muitos comentários bom a respeito do livro e muitas recomendações.
    Amei sua resenha flor! Parabéns! Espero o blog na Leitora Neurótica <3

    Beijos,
    Paula Santos - http://leitoraneurotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

A leitura é uma porta aberta para um mundo de descobertas sem fim. - Sandro Costa

Obrigada pela visita. Sinta-se a vontade para dar sugestões, fazer críticas ou elogios!