Sobre nós

Curta!

Seguidores

Twitter

Siga por e-mail

Siga!

Eu leio Brasil

Pai bárbaro

Loja do leitor

Meise está lendo

Isadora está lendo

Blog Archive

Favoritos de Meise

Favoritos de Isadora

Tecnologia do Blogger.

Link us

Viciadas em Livros

Arquivo do blog

3 de julho de 2013

Top Ten Tuesday #4: Livros mais intimidantes

 {Top Ten Tuesday é uma tag semanal originalmente publicada pelo blog The Broke and the Bookish. Todas as terças-feiras é dado um tema e eu terei que citar 10 livros (ou o máximo que conseguir lembrar) que condizem com o tema dado, além de falar um pouquinho sobre eles.}

Bem, infelizmente eu não tive tempo de postar ontem, então meio que virou um Top Ten Wedsnesday, hahaha. Mas farei de tudo para publicar essa tag nas terças-feiras, ok?


O tema dessa semana é Top Ten Most Intimidating Books, ou seja, um Top 10 de livros mais intimidantes, seja por tamanho, conteúdo, por todo mundo gostar e você ter certeza que não vai, etc. Achei esse tema bem fácil de fazer, falando nisso, tive que tirar vários da lista para ficar apenas 10 livros. Então, vamos lá!


A Guerra dos Tronos - George R. R. Martin

Esse foi um livro que sempre me senti intimidada, pelo tamanho, conteúdo, enfim. Nunca tive muito interesse em ler, e só de olhar pro número de páginas já da um desââânimo... "Quando Eddard Stark, lorde do castelo de Winterfell, aceita a prestigiada posição de Mão do Rei oferecida pelo velho amigo, o rei Robert Baratheon, não desconfia que sua vida está prestes a ruir em sucessivas tragédias. Sabe-se que Lorde Stark aceitou a proposta porque desconfia que o dono anterior do título fora envenenado pela manipuladora rainha - uma cruel mulher do clã Lannister - e sua intenção é proteger o rei. Mas ter como inimigo os Lannister pode ser fatal: a ambição dessa família pelo poder parece não ter limites e o rei corre grande perigo. Agora, sozinho na corte, Eddard percebe que não só o rei está em apuros, mas também ele e toda sua família."


Harry Potter e a Pedra Filosofal - J. K. Rowling

Nunca tive interesse em ler Harry Potter - é, pois é. Já assisti algumas partes dos filmes - gente, eu não aguento assistir aquilo tudo, e isso só me desanima mais ainda pra começar a série, se é que um dia eu vou fazer isso. 

"Harry Potter é um garoto cujos pais, feiticeiros, foram assassinados por um poderosíssimo bruxo quando ele ainda era um bebê. Ele foi levado, então, para a casa dos tios que nada tinham a ver com o sobrenatural. Pelo contrário. Até os 10 anos, Harry foi uma espécie de gata borralheira: maltratado pelos tios, herdava roupas velhas do primo gorducho, tinha óculos remendados e era tratado como um estorvo.

No dia de seu aniversário de 11 anos, entretanto, ele parece deslizar por um buraco sem fundo, como o de Alice no país das maravilhas, que o conduz a um mundo mágico. Descobre sua verdadeira história e seu destino: ser um aprendiz de feiticeiro até o dia em que terá que enfrentar a pior força do mal, o homem que assassinou seus pais. O menino de olhos verde, magricela e desengonçado, tão habituado à rejeição, descobre, também, que é um herói no universo dos magos. Potter fica sabendo que é a única pessoa a ter sobrevivido a um ataque do tal bruxo do mal e essa é a causa da marca em forma de raio que ele carrega na testa. Ele não é um garoto qualquer, ele sequer é um feiticeiro qualquer; ele é Harry Potter, símbolo de poder, resistência e um líder natural entre os sobrenaturais. A fábula, recheada de fantasmas, paredes que falam, caldeirões, sapos, unicórnios, dragões e gigantes, não é, entretanto, apenas um passatempo.

Harry Potter conduz a discussões metafísicas, aborda o eterno confronto entre o bem e o mal, evidencia algumas mazelas da sociedade, como o preconceito, a divisão de classes através do dinheiro e do berço, a inveja, o egoísmo, a competitividade exacerbada, a busca pelo ideal - a necessidade de aprender, nem que seja à força, que a vida é feita de derrotas e vitórias e que isso é importante para a formação básica de um adulto."


O céu está em todo lugar - Jandy Nelson

Estava bem animada pra ler esse livro, mas após ler a resenha que a Renata fez aqui no blog, fiquei totalmente sem vontade. Sim, eu acredito que na maioria das vezes não vale a pena deixar de ler um livro só porque alguma pessoa que você conhece não gostou - afinal, cada um tem sua opinião e eu acho que isso não se discute, mas eu e a Rê temos gostos literários muito parecidos e eu realmente não gosto de livros muuuuuito românticos/dramáticos (nem por isso dispenso a escrita de Nicholas Sparks, só ele pode, ok? hahaha). "Lennie Walker, de dezessete anos de idade, gasta seu tempo de forma segura e feliz às sombras de sua irmã mais velha, Bailey. Mas quando Bailey morre abruptamente, Lennie é catapultada para o centro do palco de sua própria vida - e, apesar de sua inexistente história com os meninos, inesperadamente se encontra lutando para equilibrar dois. Toby era o namorado de Bailey, cujos sentimentos de tristeza Lennie também sente. Joe é o garoto novo da cidade, com um sorriso quase mágico. Um garoto a tira da tristeza, o outro se consola com ela. Mas os dois não podem colidir sem que o mundo de Lennie exploda..."

Apenas respire - Barbara Herdy

Conheci esse livro há poucos dias e fiquei com muita vontade de ler, porém me senti intimidada com o tamanho - 800 páginas! Tenho medo que seja cansativo ou algo do tipo, porém só posso tirar minhas próprias conclusões ao lê-lo, certo? Ao embarcar para um cruzeiro de sete dias com os amigos - uma forma de comemorar o fim do ensino médio e o início de uma nova etapa de suas vidas - Kate, uma jovem simples que sonha conhecer Londres, ser jornalista e ter seu primeiro livro publicado, vê-se em meio a pessoas influentes e festas luxuosas. Durante a viagem, ela conhece um rapaz misterioso, Peter Hartley, envolvendo-se em um romance capaz de fazê-la misturar fantasia e realidade. A cada dia mais apaixonada, ela não percebe que a vida misteriosa de Peter, repleta de intrigas familiares e segredos, pode trazer uma grande tormenta para sua vida e para seu coração. O jovem sedutor tem dois grandes segredos: o primeiro pode ser revelado, embora isso traga enormes conseqüências; o segundo não pode nem mesmo ser dito em voz alta. Kate, então, precisa escolher entre dois caminhos: seguir em frente e esquecer os maravilhosos dias ao lado de Peter ou... atirar-se em um caminho tomado pelo desconhecido e o incerto, de mãos dadas com aquele que faz seu coração bater de forma irresistível, e apenas respirar... 

O Código da Vinci - Dan Brown

Sendo sincera, nunca tive muita vontade de conhecer melhor a escrita de Dan Brown, acho que as histórias de seus livros simplesmente não combinam comigo. "Um assassinato dentro do Museu do Louvre, em Paris, traz à tona uma sinistra conspiração para revelar um segredo que foi protegido por uma sociedade secreta desde os tempos de Jesus Cristo. A vítima é o respeitado curador do museu, Jacques Saunière, um dos líderes dessa antiga fraternidade, o Priorado de Sião, que já teve como membros Leonardo da Vinci, Victor Hugo e Isaac Newton. Momentos antes de morrer, Saunière consegue deixar uma mensagem cifrada na cena do crime que apenas sua neta, a criptógrafa francesa Sophie Neveu, e Robert Langdon, um famoso simbologista de Harvard, podem desvendar. Os dois transformam-se em suspeitos e em detetives enquanto percorrem as ruas de Paris e de Londres tentando decifrar um intricado quebra-cabeças que pode lhes revelar um segredo milenar que envolve a Igreja Católica. Apenas alguns passos à frente das autoridades e do perigoso assassino, Sophie e Robert vão à procura de pistas ocultas nas obras de Da Vinci e se debruçam sobre alguns dos maiores mistérios da cultura ocidental - da natureza do sorriso da Mona Lisa ao significado do Santo Graal. Mesclando com perfeição os ingredientes de uma envolvente história de suspense com informações sobre obras de arte, documentos e rituais secretos, Dan Brown consagrou-se como um dos autores mais brilhantes da atualidade."

A Hospedeira - Stephanie Meyer


Até tive interesse em ler uma vez, mas achei que esse livro deveria ser um tanto confuso, então deixei pra lá. "Nosso planeta foi dominado por um inimigo que não pode ser detectado. Os humanos se tornaram hospedeiros dos invasores: suas mentes são extraídas, enquanto seus corpos permanecem intactos e prosseguem suas vidas aparentemente sem alteração. A maior parte da humanidade sucumbiu a tal processo. Quando Melanie, um dos humanos "selvagens" que ainda restam, é capturada, ela tem certeza de que será seu fim. Peregrina, a "alma" invasora designada para o corpo de Melanie, foi alertada sobre os desafios de viver dentro de um ser humano: as emoções irresistíveis, o excesso de sensações, a persistência das lembranças e das memórias vívidas. Mas há uma dificuldade que Peregrina não esperava: a antiga ocupante de seu corpo se recusa a desistir da posse de sua mente. Peregrina investiga os pensamentos de Melanie com o objetivo de descobrir o paradeiro dos remanescentes da resistência humana. Entretanto, Melanie ocupa a mente de sua invasora com visões do homem que ama: Jared, que continua a viver escondido. Incapaz de se separar dos desejos de seu corpo, Peregrina começa a se sentir intensamente atraída por alguém a quem foi submetida por uma espécie de exposição forçada. Quando os acontecimentos fazem de Melanie e Peregrina improváveis aliadas, elas partem em uma busca incerta e perigosa do homem que ambas amam."

Starters - Lissa Price


Me sinto intimidada com esse livro por causa da história e da capa - gente, já tive um pesadelo com essa menina da capa, sério mesmo, hahaha. "Callie perdeu os pais quando a guerra de Esporos varreu todas as pessoas entre 20 e 60 anos. Ela e seu irmão mais novo, Tyler, estão se virando, vivendo como desabrigados com seu amigo Michael e lutando contra rebeldes que os matariam por uma bolacha. A única esperança de Callie é Prime Destinations, um lugar perturbador em Berverly Hills que abriga uma misteriosa figura conhecida como o Old Man. Ele aluga adolescentes para alugar seus corpos aos Terminais — idosos que desejam ser jovens novamente. Callie, desesperada pelo dinheiro que os ajudará a sobreviver concorda em ser uma doadora. Mas o neurochip que colocam em Callie está com defeito e ela acorda na vida de sua locadora, morando em uma mansão, dirigindo seus carros e saindo com o neto de um senador. Parece quase um conto de fadas, até Callie descobrir que sua locatária pretende fazer mais do que se divertir — e que os planos de Prime Destinations são tão diabólicos que Callie nunca podia ter imaginado..."

Fallen - Lauren Kate

Esse é outro livro que nunca tive muito interesse em ler, também não faz o meu tipo. "Algo parece estranhamente familiar em relação a Daniel Grigori. Solitário e enigmático, ele chama a atenção de Luce logo no seu primeiro dia de aula no internato. A mudança de escola foi difícil para a jovem, mas encontrar Daniel parece aliviar o peso das sombras que atormentam seu passado: um incêndio misterioso levou Luce até ali. Irremediavelmente atraída por Daniel, ela quer descobrir qual é o segredo que ele precisa tanto esconder... mesmo que isso a aproxime da morte."







O Vendedor de Sonhos - Augusto Cury


Já li um livro do Augusto Cury - que agora eu não lembro o nome - e achei super chato, por isso desisti de ler os outros. "Um homem desconhecido tenta salvar da morte um suicida. Ninguém sabe sua origem, seu nome sua história. Proclama aos quatro ventos que a sociedades modernas se converteram num hospício Global. Com uma eloqüência cativante, começa a chamar seguidores para vender sonhos. Ao mesmo tempo em que arrebata as pessoas e as liberta do cárcere da rotina, arruma muitos inimigos. Será ele um sábio ou um louco? Este é uma romance que nos fará rir chorar e pensar muito."






A Vida Secreta de Marilyn Monroe - J. Randy Taraborrelli

Sempre gostei da Marilyn Monroe, e essa biografia dela já está na minha wishlist desde o dia que comecei a gostar de ler, porém o livro é enorme e tenho medo de ser meio cansativo. "É difícil imaginar que, depois de tantas décadas, ainda haja revelações sobre a vida de Marilyn Monroe, um dos maiores ícones de nosso tempo. Para remexer na história polêmica da atriz, Taraborrelli, biógrafo de Grace Kelly, Diana Ross, Elizabeth Taylor e Frank Sinatra exploram um documento até então não revelado, no qual o FBI detalha o affair entre Marilyn e Robert F. Kennedy. 
Através de um trabalho de pesquisa impressionante e sua narrativa fluida, o autor destrincha os boatos e intrigas que envolveram a vida de Monroe ao mesmo tempo em que traduz a sensibilidade e desespero da jovem estrela."


Quais livros você já leu? Quais quer ler? E na sua opinião, quais são os livros mais intimidantes?


Um beijo,
Isadora.

8 comentários:

  1. Li A Guerra Dos Tronos e não sei se vou terminar a série!!
    Intimidante para mim foi A Menina Que Roubava Livros, tudo mundo disse q era lindo, emocionante e pra mim... Nada, não gostei desse livro.

    ResponderExcluir
  2. Já li -ou melhor tentei ler- O vendedor de Sonhos, mas eu completamente me perdi na história e achei bem chato (nada contra os fãs do livro), não tem nada haver comigo, mesmo a mensagem do livro ser bem legal e tal. Também me intimidei quanto a ler Desculpe de te chamo de amor, achei até legalzinho a história, mas depois eu pensei que não gostaria, e desisti nas primeiras páginas.
    Também pensei em ler O céu está em todo o lugar, mas li muitas resenhas negativas e deixei pra lá; e Harry Potter, mas mudei de ideia porque já tinha visto todos os filmes (adoro os filmes da série), e como pensei que saberia o final de cada livro não teria graça de ler, ainda mais porque a serie é muito grande, e bem carinha. Sem contar que eu nunca tenho coragem de ler os livros de Harlan, mesmo as pessoas falando bem do escritor e tal, mas eu sempre achei que não gostaria, já que não faz muito o meu gênero os livros dele.
    Ah, vou dar uma chance para Apenas Respire, fiquei curiosa, mesmo tendo 800 págs, mas eu vou tentar achar uma promoção e compra-lo, não custa tentar. Já que me apaixonei pela capa!

    ResponderExcluir
  3. Nunca tive coragem de começar a Guerra dos Tronos. Desses que você falou, um que eu não tenho a minima vontade de ler, apesar de todo mundo falar bem é Fallen. Já eu amo Brown, li Código da Vinci em duas tardes.
    Dois livros intimidantes pra mim foram "A CAbana" e "A Menina Que roubava Livros" comecei a ler esperando me emocionar, mas não vi nada demais,

    ResponderExcluir
  4. HAHAHAHA Adorei esse tema e o legal é que a maioria dos livros que você citou são bem queridos, achei isso um máximo!
    Eu confesso que ''A Guerra dos Tronos'' me intimida muito e mesmo lendo algumas resenhas nunca tive vontade em começar essa série.
    Ao contrário de você, eu tenho a maior paciência para ''Harry Potter'', tanto para os livros, quanto para o filme. Mas, para romances bem dramáticos concordo plenamente com você, Isadora. Não tenho muita vontade em ler essa temática, mas leio. Pelo menos uma vez a cada dois ou três meses para variar, pois sei que há dramas ótimos e também não dispenso a escrita de Nicholas Sparks.
    Não conhecia ainda ''Apenas Respire'', mas me chamou a atenção (para um lado positivo), vou dar uma pesquisada sobre ele.
    Acredito que Dan Brown deva escrever muito bem, mas não tenho vontade em ler ''O Código da Vinci''. Já assisti o filme, achei bom, mas nem mesmo o filme me conquistou para assistir várias e várias vezes.
    ''A Hospedeira'' comprei na pré-venda. Lembro que chegou no dia seguinte ao do lançamento e já comecei a ler. Confesso, até uma boa parte do livro a história é leve (leve no sentido que não acontece NADA), mas quando realmente começa a história a leitura flui maravilhosamente, até o fim! Eu até que recomendo, mas afirmo: o bom demora a começar!
    Não sei quem teve pesadelos com a moça na capa de ''Starters'', se foi a Renata ou a Isadora, mas, confesso, rachei o bico com isso. kkkkkk Enfim, sou louca para ler esse livro, só não li ainda por falta de tempo, assim como ''Fallen'', mas pretendo ler os dois ainda esse ano.
    Juro que sempre tive certa preguiça em ler algo de Augusto Cury.
    Tenho interesse em ler ''A Vida Secreta de Marilyn Monroe''.
    Minha nossa, que texto! Enfim, amei o post! rs

    ResponderExcluir
  5. O Código da Vinci, A Hospedeira, Starters e Fallen me intrigam. Quando comecei a ler Fallen, disse que não gostaria, isso antes mesmo de ler, depois adorei e pretendo ler a série toda, falta apenas o último livro. O Código da Vinci, A Hospedeira e Starters eu quero ler, mas meus amigos ficam dizendo que não prestam, e isso realmente me intriga, mas vou seguir a minha própria opinião e ler esses livros.

    Anderson Inácio
    bondiler.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anderson eu não li A hospedeira,
      mas, vi o filme, e recomendo!
      Me surpreendeu positivamente.
      Quanto a Starters, eu gostei do livro, sim :)

      Excluir
  6. Oi meninas, Apenas Respire assusta um pouco mesmo, mas vale por cada página, juro para vocês, é um livro muito bom que não deixa a gente se entediar em nenhum instante, acho que vão gostar! Adorei a ideia da lista, HAUAUAU super divertido.

    Michelle Boyd
    The Little Things

    ResponderExcluir
  7. Starters é mto legal.
    E a capa tem uma sintonia perfeita com a estória.
    Tô louca pra ler Enders já ;)

    ResponderExcluir

A leitura é uma porta aberta para um mundo de descobertas sem fim. - Sandro Costa

Obrigada pela visita. Sinta-se a vontade para dar sugestões, fazer críticas ou elogios!