Sobre nós

Seguidores

Curta!

Instagram

Twitter

Siga por e-mail

Eu leio Brasil

Meise está lendo

Isadora está lendo

Tecnologia do Blogger.

Link us

Viciadas em Livros

Arquivo do blog

16 de outubro de 2013

Resenha: A Elite - Kiera Cass

Título: A Elite
Autora: Kiera Cass
Ano de lançamento: 2013
Número de páginas: 354
Editora: Seguinte (Selo da Companhia das Letras)



Atenção: Essa resenha pode conter spoilers do primeiro livro (A Seleção) - clique aqui para ler a resenha.

Sinceramente? America está mais irritante do que nunca. Se você leu A Seleção e se irritou com ela, prepare-se para se irritar mais ainda em A Elite. Após Aspen começar a trabalhar como guarda no castelo, ele e America se encontram às escondidas o tempo todo e isso te deixa com uma agonia enorme, porque nunca se sabe se eles vão ser pegos juntos. O triângulo amoroso que se formou em A Seleção está ainda mais forte em A Elite, já que os sentimentos de America em relação à Maxon e Aspen se expandem ainda mais. Ela nunca sabe o que quer, vive pedindo tempo aos dois e quando acha que está decidida algo a faz mudar de ideia. Ela consegue deixar todos confusos, inclusive o leitor, que vez ou outra não suporta sua indecisão.

"Como decidir entre duas boas opções? Como decidir se qualquer escolha deixaria parte de mim destruída? Me consolei com o pensamento de que ainda tinha tempo. Eu ainda tinha tempo."

A Elite reserva fortes emoções, principalmente em relação à Celeste e Marlee. Celeste continua a mesma que vimos em A Seleção: provocadora e irritante. Várias vezes durante a leitura eu tive vontade de bater nela, ela é, com certeza, uma pessoa com a qual eu nunca conseguiria conviver e supera qualquer outra personagem. Já Marlee... Meu Deus, você fica com um aperto no coração com as coisas que acontecem com Marlee.

Team Maxon ou Team Aspen? Team Maxon, com certeza. Maxon é tão ingênuo, ele sempre espera o melhor das pessoas e quer fazer o melhor. E, na minha opinião, isso que o torna tão especial ♥ Eu também adoro o Aspen, mas nunca o considerei como uma opção. Eu sinceramente acho que America vai ficar com Maxon no final, mas só Deus (e Kiera Cass) sabem o que vai acontecer com esse triângulo amoroso. É impossível saber o que se passa na cabeça da America, ela é impulsiva num ponto extremo, sério. Se a America ficar com Aspen no final (o que eu acho pouco provável), eu acredito que Maxon fique com Kriss. Esse final iria me incomodar muito, mas se Kriss ficar com ele eu pelo menos vou estar segura de que Maxon vai ficar com uma pessoa boa (ao contrário de Celeste, que na minha opinião vai levar um pé na bunda logo logo!). Por favor, todos aqui sabem que Celeste não tem a mínima chance de ser a rainha de Illéa.

"Toda hora, eu olhava para o meu coração e comparava Maxon e Aspen, mas nenhum deles se sobressaía. A não ser, talvez, quando eu estava sozinha com um deles. Neste exato momento, por exemplo, eu estava tentada a prometer à Maxon que ficaria a seu lado no final."

"Assim que ele saiu, fechei os olhos e recapitulei tudo o que acontecera naquele espaço de tempo: o modo como ele olhava para mim, os sorrisos contentes, os beijos doces. Repassava tudo, uma e outra vez, enquanto me preparava para dormir. Eu me perguntava se Maxon estava fazendo o mesmo.” 

Tenho que confessar: chorei nesse livro. Chorei e chorei muito! O rei é uma pessoa muito maldosa, gente, não confiem nele. Se a America chegar a casar com o Maxon, eu que desejo sorte a ela para aguentar um sogro tão estúpido!

Gostei muito da forma como Kiera Cass abordou essa nova fase da competição. Em A Elite restavam apenas 6 garotas, ou seja, a competição estava mais acirrada do que nunca! Mas Kiera usou a quantidade certa de romance, surpresa e, bom, em relação ao item "brigas" não posso garantir muita coisa. "A Elite" tem MUITAS brigas (afinal, é de se esperar de um livro que é composto por 6 garotas confinadas num castelo brigando por um único homem).

Esse segundo livro é instigante e praticamente impossível de largar. A Elite é repleta de teor político, e o ataque dos rebeldes também é um item que ao longo da leitura vai ficando ainda mais grave. Além do mais, algo que me agradou foi a diagramação. As páginas amareladas, a fonte, margem e espaçamento, a capa (que eu achei maravilhosa, mas ainda prefiro a de A Seleção), os "bilhetes" encontrados no livro e a tradução e revisão foram itens que deixaram a leitura ainda mais gostosa. Se eu recomendo A Elite? Com certeza, sim. Poderia ler o livro quantas vezes necessário, porque eu o achei realmente digno de 5 estrelas.

Classificação:

P.S: Eu tirei algumas fotos do livro para "ilustrar" a resenha, mas perdi o cabo da minha máquina fotográfica, por isso essa resenha está sem fotos. Assim que eu encontrar o cabo, posto as fotos pra vocês :D

4 comentários:

  1. Oie :)

    Não li a resenha por causa do aviso de spoilers, eu quero muito ler logo A Seleção estou enrolando para esperar lançar toda a trilogia aqui no Brasil, beijos !!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Louca pra ler o próximo livro da saga, após aquele final cheio de reviravoltas eu fiquei super curiosa em como a disputa vai terminar. Vou confessar que a América me irritou muito, indecisa e impulsiva ao extremo em A Elite e a Kriss me pareceu uma concorrente a altura apesar de que sou Team Maxon. Louca pra saber o que acontece com o Aspen e com os rebeldes que estão ganhando mais destaque.

    ResponderExcluir
  3. Eu decidi ler "A Seleção" quando saiu a notícia de que os livros seriam adaptados para a TV. Curti a sinopse, mais preferi conferir na íntegra toda a estória. Resultado disso: li o livro em dois dias e até hoje não li a continuação por colocar um livro na frente do outro. Também confesso que sentir mais uma simpatia pelo Maxon. O Aspen tem lá suas qualidades mais acredito que América combina mais com o Príncipe. Esta resenha, diferente das outras que já li, não enfatizam tanto a indecisão de América, de fato, são duas boas opções, basta América decidir. Enfim, espero ler os últimos volumes da trilogia.

    ResponderExcluir
  4. Já li A Seleção e A Elite três vezes, e acredito que essa série da Kiera Cass é uma das minhas preferidas. Já resenhei quase todos os livros do universo da America, se quiserem conferir o blog: http://cafemaislivro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

A leitura é uma porta aberta para um mundo de descobertas sem fim. - Sandro Costa

Obrigada pela visita. Sinta-se a vontade para dar sugestões, fazer críticas ou elogios!