Aloha povão! Demorei, porém apareci - todos choram de emoção.
O papo de hoje vai ser sobre o tempo.
Não sei vocês, mas pra mim 2014 está voando assustadoramente. MEIO ANO se foi e eu lhes pergunto: o que vocês já fizeram de marcante e o que os outros fizeram que foi marcante para você? Aposto que se tentássemos listar nos dedos, sobrariam dedos. Porque é assim. A gente se esquece mesmo quando não deve. Se estamos assim agora, imagina no final do ano?
Sei que metade do ano já se foi, mas há tempo ainda para tentar guardar tudo. Gostaria de propor um projeto, contudo para que ele funcione, é preciso de comprometimento, all right? 
Vocês já devem ter ouvido falar sobre a Jarra de Memórias ou pelo menos visto uma imagem de um desses potes perdida pelas redes sociais... É isso que vamos fazer hoje.
Colocar lembranças boas, acontecimentos que arrancaram pelo menos um mísero sorriso em nosso rosto dentro de um pote!
A montagem em si é muito fácil. A parte divertida é pegar o ritmo de lembrar de anotar as coisas desde as mais "insignificantes" até as coisas grandes que nos fizeram rir, sorrir, o nosso estômago revirar, nossas células vibrarem e assim adiante.
Vamos começar?

Materiais:

- Um pote/jarro/garrafa. Tamanho à sua preferência - não muito pequeno, porque senão as memórias não cabem (risos).
- Papel sulfite branco, colorido, etc...
- Post It ou tirinhas de papel sulfite.
- Canetinhas para decorar.
- Caneta.
- Adesivos, imagens impressas, laços e o que mais a sua imaginação pedir para decorar.
- Cola... Para colar os papéis (duh), se esse for o seu caso.

Creio que os passos sejam bem óbvios, então vou ser breve.

1. Decore o seu pote do jeito que quiser, até achar que está bom.
2. Certifique-se de que tudo está bem colado e não vai ameaçar a soltar.
3. Canetas tiras de papel nas mãos e let's go!

Comece puxando pela memória as coisas que já aconteceram até hoje e que te deixaram muito feliz. Se esforce! Vamos! Todo mundo queimando os neurônios até não dar mais!

E é só! A partir de hoje, deixe os pedaços de papel e uma caneta sempre a vista. Quando estiver no finalzinho do dia, reserve quinze minutos para refletir e recordar: o que ganhou um sorriso meu? Anote sem hesitar, até das piadinhas mais banais; lembrando que além de anotações, pode-se optar pelos ingressos de um show, da sessão de cinema inesquecível com a melhor amiga ou o maravilhoso boy magia (eu quero). E no final do ano, na última semana de postagem que me pertencer... Vamos abrir o pote e fazer uma viagem para onde dinheiro nenhum poderia pagar.
Já estou até imaginando a onda de saudades e nostalgia invadindo todo mundo (risos).

<- Fiz esse pote pequeno agora, apenas para ilustrar que não se precisa de muito. Quero muito que dê certo e que vocês peguem gosto pela coisa. Adoro essas frescurinhas e fico demasiadamente bem quando revivo tudo. Quero que vocês sintam o que eu senti - que papo mais BLEH!

Acho que é só. Final do ano, voltarei com um post revelando alguma das coisas que anotei (mico). Tarefa de casa: anotem as coisas; sorriam!









2 Comentários

  1. Simplesmente adorei a ideia .Já estou preparando o meu pote.bjss

    ResponderExcluir
  2. Que ideia legal!! Adorei. :)
    Vou tentar fazer aqui!
    Beeijos
    Petra | Na Próxima Página...

    ResponderExcluir

A leitura é uma porta aberta para um mundo de descobertas sem fim. - Sandro Costa

Obrigada pela visita. Sinta-se à vontade para dar sugestões, fazer críticas ou elogios!